Our main brands

Bostik Worldwide

Bostik around the world

top

É difícil acreditar que quase 70 anos se passaram desde que a CHUX (agora Johnson & Johnson) revolucionou o mercado de artigos para higiene infantil quando lançou a primeira fralda descartável em 1949. Avançando 35 anos e chegando em 1984, outro primeiro pioneiro no setor de higiene descartável estava fazendo sua estreia. A Kimberly Clark mostrou ao mundo que a necessidade de fraldas descartáveis ia muito além de bebês e crianças pequenas, e começou a fabricar absorventes da marca Depend para incontinência em adultos.

Definitivamente, a introdução desses produtos descartáveis mudou a forma como as pessoas vivem em escala global. E os aprimoramentos inovadores que os fabricantes estão explorando e experimentando hoje, especialmente no que se refere ao núcleo, estão levando os produtos por caminhos novos e revigorantes. Para ajudá-lo a entender melhor como o projeto de núcleo está evoluindo hoje, voltamos a quando tudo começou.


No início

Os primeiros projetos de fraldas descartáveis eram muito simples. Eles tinham uma forma retangular com uma pilha de 15 a 25 folhas de tecido usadas para criar um núcleo absorvente. Estimava-se que a capacidade máxima dessas primeiras fraldas era de cerca de 100 ml de fluido, o que significava que precisavam ser trocadas após cada episódio. E, embora não houvesse recursos como cós elásticos, punhos para as pernas, abas para selagem reforçada e indicadores de umidade comumente encontrados nos produtos atuais, elas ainda eram consideradas artigos de luxo!

À medida que a popularidade das fraldas descartáveis cresceu entre os pais, a concorrência entre os fabricantes também aumentou. Apenas um ano depois que a fralda original com núcleo de tecido foi lançada,a Paulistrom apresentou o enchimento de celulose (a primeira polpa). Este novo material podia ser cortado no tamanho desejado e inserido como um núcleo absorvente e descartável em calcinhas reutilizáveis. 

A polpa rapidamente se tornou o material de núcleo preferido. As fibras não só ajudavam com a rápida absorção e distribuição de fluidos, mas também melhoravam a integridade do núcleo, proporcionando melhor desempenho.


O polímero superabsorvente se torna o divisor de águas

Foi na década de 1980 que o setor de higiene descartável testemunhou a introdução de outra inovação incrível que mudaria as operações exponencialmente. Lançando no Japão, a Unicharm introduziu o polímero superabsorvente (SAP) como um componente da matriz do núcleo para criar uma linha de fraldas superabsorventes!

O SAP tem a notável capacidade de reter grandes volumes de fluido em relação ao peso, mesmo sob pressão, em comparação com um núcleo totalmente composto de polpa. Mas o SAP, por si, tende a absorver e capturar o fluido por capilaridade lentamente. Para aumentar as taxas de absorção, os fabricantes combinam SAP com polpa para produzir os núcleos com os quais o mercado está mais familiarizado atualmente.

 

Os projetos de núcleo atuais

Com a introdução do SAP na matriz do núcleo, menos polpa significava que os fabricantes poderiam começar a oferecer produtos com núcleos mais finos. Atualmente, existem dois grupos de proporção de polpa para SAP usados pela maioria dos fabricantes:

50% polpa para 50% de SAP

Nessa proporção, as fibras de polpa são entrelaçadas para criar uma almofada bastante integrada que mantém o SAP no lugar e fornece um certo nível de integridade do núcleo. Para fabricantes que desejam melhorar a integridade do núcleo, é possível usar um adesivo a fim de reforçar mais o produto.

70% de SAP para 30% de polpa

Quando essa proporção é usada, os fabricantes se deparam com desafios mais complexos. A transferência do núcleo de polpa/SAP do tambor para a folha inferior realizada com facilidade quando são utilizados 50% de SAP. Mas, com 70% de SAP, é necessário usar um envoltório de núcleo para evitar a perda de pó de SAP devido à velocidade do tambor e à velocidade da linha. A Bostik notou que um núcleo com proporção de 70% de SAP para 30% de polpa e nenhum adesivo falharia imediatamente no teste de fissuração do núcleo condicionado porque o pó de SAP começa a se acumular no fundo do núcleo assim que é agitado. Um adesivo de núcleo é a chave para a imobilização e desempenho do SAP quando utilizada essa proporção.


Um futuro sem polpa

À medida que os fabricantes de produtos pesquisam as opções de projeto de núcleo sem polpa, a estabilização do SAP se torna primordial. Nenhuma polpa significa que não há fibras para manter o pó de SAP no lugar. É necessário que se utilize uma abordagem alternativa para estabilizar o SAP, e uma parte essencial disso é o uso de adesivos.


Quero saber mais sobre projeto de núcleo.

SOLICITAR MAIS INFORMAÇÕES

Saiba mais sobre nossos Adesivos de Higiene Descartáveise

Higiene Descartável

Saber mais
Main-Images-Overview-border.png
Main-Images-Overview-border.png

Necessidades do núcleo em produtos de higiene descartáveis

Saber mais
CORE-Core-Needs-in-Disposal-Hygiene.png
CORE-Core-Needs-in-Disposal-Hygiene.png

Terminologia inteligente relacionada a núcleo em higiene descartável

Saber mais
CORE_A-Glossary-of-Important-Terms-to-Expand-Your-Understanding.png
CORE_A-Glossary-of-Important-Terms-to-Expand-Your-Understanding.png

Fazer mais com menos: Função do adesivo no núcleo

Saber mais
CORE-Doing-More-with-Less-Adhesives-Role-in-Core.png
CORE-Doing-More-with-Less-Adhesives-Role-in-Core.png

Fundamentos do adesivo do sistema de núcleo: O conhecimento mais sólido começa aqui

Saber mais
CORE_Core-System-Adhesive-Basics-A-Better-Understanding-Starts-Here.png
CORE_Core-System-Adhesive-Basics-A-Better-Understanding-Starts-Here.png

A evolução dos projetos do núcleo

Saber mais
CORE_The-Evolution-of-Core-Designs.png
CORE_The-Evolution-of-Core-Designs.png

Otimizando designs tradicionais e novos de núcleo para incontinência em adultos

Saber mais
CORE_Adult-Incontinence-Cores-Traditional-and-New-Designs.png
CORE_Adult-Incontinence-Cores-Traditional-and-New-Designs.png